ADEUS CULTO CATÓLICO/PROTESTANTE

segunda-feira, 31 de março de 2008

Segue como uma ordem lógica que dizer Adeus ao templo-edifício é também dizer Adeus ao culto realizado dentro dele.
Por que vou dizer Adeus também ao culto protestante comum? Porque o culto protestante é realizado no formato em que a organização dentro do edifício-templo determina. Bancos enfileirados, púlpito, caixa do dízimo, instrumentos musicais, mesa e outras coisas; são as ferramentas usadas para realização de um típico culto protestante (e também católico). Ele ainda tem hora marcada para começar, tempo de duração estipulado, que muitas vezes extrapola o bom-senso.
No culto protestante moderno o músico e o pregador são os atores principais que dividem o palco fazendo o show da fé. Sim, é uma espécie de culto-show. Impressionante, não? Na semana santa eu fui a um culto-show. O famoso sermão da montanha, organizado pela igreja do evangelho quadrangular. Fiquei impressionado quando fui informado pelo apresentador que o que estava acontecendo ali era um culto. Embora, não seja sempre assim, existem semelhanças entre aquele show e o culto das igrejas “modernas”. Luzes, câmeras (isso mesmo, câmeras. Os cultos modernos são transmitidos pela televisão ou pela Internet) e muita ação. Pula pra lá, pula pra cá, numa overdose de emoção que me leva a pensar se estão mesmo louvando a algum Deus.
O culto perdeu sua dimensão natural de ser familiar. Uma parte da culpa não seria por acaso do templo-edifício? A transição do local de reunião de uma Casa para um templo-edifício fez do culto uma reunião de pessoas em torno de uma pessoa: o pregador. Sem ser possível ouvir a todos e ser ouvido por todos, como em uma reunião caseira, o culto realizado dentro do templo-edifício é individualista. É vertical, é a tentativa de se chegar mais próximo de Deus. O espectador inerte está no banco para ouvir “diretamente” o que Deus lá de cima tem a dizê-lo através de seus representantes: O músico e o pregador.
Afirmei no primeiro post neste blog que a igreja é uma família. O culto, portanto, conforme o novo testamento é uma reunião familiar, onde irmãos irmãs se encontram para comungar, partilhar, orar, exortar mutuamente e aprender uns com os outros. Um culto eclesiástico, a exemplo da igreja primitiva, é um momento de ouvir e ser ouvido por todos, de comer junto, compartilhar necessidades, tudo sob a direção do Espírito que age através da comunidade em comunhão, e não através de uma única pessoa, alguém com maior autoridade espiritual ou coisa semelhante. Em um culto, todos devem participar, porque todos fazem parte do corpo de Cristo.

(Talvez) continua...

6 comentários:

Vitor disse...

Acho que criticar faz parte de algo próximo a "ajudar".. Mas não acredito que Deus não receba adoração só pelo fato de esta vir de dentro de um templo. A igreja está dentro de nós.. não nas paredes.. penso que o templo serve como um facilitador.. uma forma de se alcançar outras vidas. O culto somos nós que prestamos ao Senhor. Deus tem os ouvidos atentos à oração do justo.. Culto dentro do templo funciona na mesma proporção da sinceridade do teu coração.. Mas sem integridade.. nem mesmo assentado com seus familiares vai resolver.. Deus olha p'ra teu coração.. onde quer que você esteja...

Boa sorte.. Deus te abençoe.

james disse...

A Paz do Senhor.

Em 1º lugar tenho a certeza que cristão não deva ser anarquista, mas como Jesus nos ensinou, manso e humilde de coração.

Em 2º, a forma como se rotularam os cultos e como são dirigidos, podemos notar que é anti-bíblica, é uma maneira de se conduzir os ouvintes para o lado que se desejar, nunca rumo à Cristo, pois, assim nos ensina a sã doutrina: "Que fareis pois, irmãos? Quando vos ajuntais, cada um de vós tem salmo, tem doutrina, tem revelação, tem língua, tem interpretação. Faça-se tudo para edificação."

Que Deus proteja as almas destes pseudo-teólogos vaidosos que aí estão, em especial nas AD.

André Amaral disse...

Vitor,

eu realmente não consegui entender se você fez uma crítica ao texto, ou se você concordou com tudo e só fez algumas colocações.

Mas vou te responder como se fosse uma crítica, caso não seja, desconsidere.

"Mas não acredito que Deus não receba adoração só pelo fato de esta vir de dentro de um templo. A igreja está dentro de nós.. não nas paredes.."

Se você ler o texto novamente verá que em momento algum eu disse que: "Deus não receba adoração só pelo fato de esta vir de dentro de um templo". Jamais iria dizer uma coisas dessas.

1°) Deus é Espírito, e importa que os seus adoradores o adorem em ESPÍRITO e Em VERDADE. Não existe lugar para adora à Deus, pois adoração acontece no íntimo do ser humano. Disse Adeus ao formato de culto realizado dentro de um templo-EDIFÍCIO, pois este(o culto) se tornou anti-bíblico, perdeu as dimensões registradas no N.T. Nossa principal tese é que o cristianismo adotou o paganismo. Esse fato foi estabelecido com a conversão do imperador Constantino. Ele trouxe para o cristianismo elementos da cultura religiosa grego-romana, promovendo um sincretismo religioso que foi altamente danoso ao cristianismo; fazendo com que este perdesse suas característica fundamentadas pelos apóstolos. sendo assim, o resultado desse sincretismo foi a perda dos fundamentos que os apóstolos lançaram.

2°)"A igreja está dentro de nós.. não nas paredes.. penso que o templo serve como um facilitador.. uma forma de se alcançar outras vidas".

Peço que leia o post anterior a este(ADEUS IGREJA POR CONSTRUIR UM TEMPLO). Lá vou tratar do templo-edifício-religioso. No texto afirmo que o templo somos nós e, portanto, o templo-edifício se torna desnecessário.

3°)"O culto somos nós que prestamos ao Senhor. Deus tem os ouvidos atentos à oração do justo.. Culto dentro do templo funciona na mesma proporção da sinceridade do teu coração.. Mas sem integridade.. nem mesmo assentado com seus familiares vai resolver.. Deus olha p'ra teu coração.. onde quer que você esteja..."

Concordo plenamente com você, Vitor. Justamente por isso disse Adeus à Igreja denominacional. Pois esta não tem integridade com seus fundamentos.

Obrigado pela participação e continue participando.

Deus te abençoe.

Abraço.

André Amaral Duarte

André Amaral disse...

Caro James, que a paz esteja conosco.

1°) "Em 1º lugar tenho a certeza que cristão não deva ser anarquista, mas como Jesus nos ensinou, manso e humilde de coração".

Parece que você quis dizer que anarquia é bagunça. Bom, se foi isso mesmo que você quis dizer, eu lamento por você não possuir conhecimento do assunto e sair por aí palpitando, escrevendo coisas sem nexo, como esta que escreveu logo acima.
Não sei se você notou, mas ao anarquista antecede o CRISTÃO, fica assim: CRISTÃO-ANARQUISTA (em letras grandes para você perceber). Ou seja, somos cristãos e somos anarquistas, pois acreditamos que a única forma de governo na qual devemos nos submeter a de Deus sem a intervenção do Estado, do clero, de lideres, pastores e etc. Sendo assim, acreditamos no Reino de Deus que está dentro de nós, e não há espaço para nenhuma forma de liderança hierárquica, pois a só um que devemos chamar Senhor: Jesus. Levamos a sério o que ele disse:

"Os reis das nações DOMINAM sobre elas, e os que EXERCEM AUTORIDADE sobre elas são chamados de benfeitores; MAS VOCÊS NÃO SERÃO ASSIM. Ao contrário, o maior entre vocês deverá ser como o mais jovem, e aquele que governa como o que serve. Pois quem é maior, o que está à mesa, ou o que serve? Não é o que está à mesa? Mas eu estou entre vocês como o que serve. (Luc. 22:25-27).

Em meu outro blog postei um texto do autor Frank Viola, que é umas das nossas grandes influências, tratando do assunto. O link é este:
http://teologiasimples.blogspot.com/2008/03/jesus-e-idia-de-liderana.html
Talvez esclareça algo que você ainda não entende.

2°)"Que fareis pois, irmãos? Quando vos ajuntais, cada um de vós tem salmo, tem doutrina, tem revelação, tem língua, tem interpretação. Faça-se tudo para edificação."

Eu não consegui entender essa parte do seu texto, você quis dizer o que exatamente?
É exatamente nessa forma de culto que estamos nos fundamentando. Culto em que todos os irmãos participam sob a orientação do Espírito. O ajuntamento de irmãos em um ambiente onde todos podem partilhar e compartilhar de uma comunhão agradável, coisa que não é mais possível dentro de um culto protestante, pois este funciona sobre a direção das suas próprias regras denominacionais, incorporando elementos que prejudicam a vida cristã de forma sutil. Pois o culto protestante, por incrível que parece, tem poucos elementos bíblicos! Existe pouca, ou até mesmo nenhuma, semelhança entre o culto moderno e o culto no novo testamento.

Obrigado por participar. E continue participando também.

abraço.

André Amaral

Vitor disse...

Olá André,

Quando eu disse: "Mas não acredito que Deus não receba adoração só pelo fato de esta vir de dentro de um templo." (...) referi-me ao fato de que ainda hoje existem sim pessoas que estão entregando adoração verdadeira ao Senhor, mesmo dentro de um "templo-EDIFÍCIO".. Mesmo em meio à toda esta conturbação que a Igreja vem passando não consigo generalizar desta forma toda a Igreja como "distorcida" como você descreveu..

Concordo que existe muito sincretismo entrando dentro da Igreja mas insisto, não irei generalizar. Acredito que Deus já vem separando aqueles que serão usados p'ra abrir os olhos de muita gente, pessoas que serão remanescentes do verdadeiro Avivamento da Igreja.

Seja cauteloso ao escrever, pela influencia que isto tudo pode exercer. Sem direção do Senhor este Blog pode ser uma arma em mãos erradas.

Tenha cuidado ao lutar por uma causa como esta se não tiver certeza da vontade do Pai.

Que a Luz do Senhor seja abundante em sua vida e que Ele te dê discernimento para caminhar. Deus o abençoe André..

Vitor Mozer

james disse...

A Paz do Senhor, irmão André Amaral.

Se vc realmente considera Jesus Cristo como Senhor, deveria conhecer a Vontade do Seu Senhor, medite nos textos de Romanos 13.1-7 e 1Pedro 2.11-17, pois nestes textos o Senhor nos adverte a sermos submissos às autoridades, então, pela lógica, o CRISTÃO crente em Jesus Cristo nunca poderá ser um ANARQUISTA, e, sim um homem de bem respeitador das leis do país em que reside, para dar bom testemunho de Seu SENHOR, JESUS CRISTO, tenho certeza que quem não deve sair por aí palpitando e dizendo coisas que não convém a um cristão é o vc.

Aliás, pelo conhecimento que tenho, o ANARQUISMO, é uma teoria que considera a autoridade um mal e preconiza a substituição do Estado pela cooperação de grupos associados, em sendo assim, pessoas que se dizem cristãs relacionadas a tal movimento como este, estão indo do lado oposto a Palavra de Deus, “Sujeitai-vos, pois, a toda a ordenação humana por amor do Senhor; quer ao rei, como superior; Quer aos governadores, como por ele enviados para castigo dos malfeitores, e para louvor dos que fazem o bem. Porque assim é a vontade de Deus, que, fazendo bem, tapeis a boca à ignorância dos homens insensatos;” (1Pedro 2.13-15).

Com referência a "Os reis das nações DOMINAM sobre elas, e os que EXERCEM AUTORIDADE sobre elas são chamados de benfeitores; MAS VOCÊS NÃO SERÃO ASSIM. Ao contrário, o maior entre vocês deverá ser como o mais jovem, e aquele que governa como o que serve. Pois quem é maior, o que está à mesa, ou o que serve? Não é o que está à mesa? Mas eu estou entre vocês como o que serve.” (Luc. 22:25-27). VC PRESTOU ATENÇÃO NO QUE LEU??? Jesus disse que as nações têm seus "governantes", uns mandando nos outros, mas nós os cristãos não somos assim, NÓS NÃO SOMOS SUPERIORES AOS NOSSOS IRMÃOS, medite nestes versículos, mas medite no seu contexto, pois Lucas 22.24-30, refere-se sobre a contenda dos irmãos em querer saber qual era maior que o outro, e Jesus lhes ensinou que somos todos iguais, inclusive Ele próprio veio para nos servir.

Quanto aos cultos protestantes, como disse (creio que vc é um tanto difícil para entender), meu texto faz referência como deveriam ser os cultos nas igrejas do século XXI, ou seja, como nas igrejas primitivas, “Que fareis pois, irmãos? Quando vos ajuntais, cada um de vós tem salmo, tem doutrina, tem revelação, tem língua, tem interpretação. Faça-se tudo para edificação.”, versículo 26 do capítulo 14 da Primeira Epístola aos Coríntios, e, NÃO É O QUE ACONTECE NOS CULTOS REALIZADOS NAS IGREJAS PROTESTANTES DO SÉCULO XXI, PRINCIPALMENTE NAS AD, NOS CULTOS ATUAIS SOMENTE HÁ UM QUE DIRIGI O CULTO, SOMENTE ELE É QUEM FALA, SOMENTE ELE É QUEM DITA AS NORMAS E COMO O CULTO DEVE CAMINHAR. NOS CULTOS DO SÉCULO XXI NÃO HÁ PERMISSÃO PARA O ESPIRITO SANTO SE MANIFESTAR, SOMENTE O “CHEFE” DE COLARINHO BRANCO É QUEM MANDA, aliás, ESTES COLARINHOS BRANCOS SÃO COMUMENTE CHAMADOS DE “TEÓLOGOS ACADÊMICOS” (em letras grandes para você perceber). Aliás, sobre estes colarinhos brancos, chamados teólogos acadêmicos, vc pode encontrar no texto pretensioso e vaidoso “Tentações aos Pentecostais Parte 02.” (www.teologiapentecostal.blogspot.com).

Irmão André, eu fui drogado (química), beberão, adultero, fornicador, gostava de rock, bagunça, baderna, anarquia, durante 43 anos de minha vida, mas um dia... Jesus com Amor imenso me libertou, hoje sou livre, mas prisioneiro de Cristo, por isso, agora, nestes últimos cinco anos tento com esforço, orações, leitura e meditação sistemática da Palavra de Deus, (veja bem, da Palavra de Deus, a Bíblia, e não em livros inspirados por homens) servir ao Rei Jesus.

Que Deus nos abençoe. Pois até aqui nos ajudou o SENHOR.

James
www.jesusmaioramor.blogspot.com